sábado, 13 de setembro de 2008

E Lisboa?!

Acasos vários levaram-me ontem ao Porto e, quando deambulava nas traseiras da centenária Livraria Lello, perto da Torre dos Clérigos, encontrei um restaurante para almoçar.

Uma sala com uns 100 m2 (será mesmo esta área?...), um pé direito de uns 7 metros, 4 colunas de ferro que sustentam o tecto, armários altíssimos com umas prateleiras cheias de tralhas que povoaram os nossos quotidianos num passado próximo, um serviço de buffet simpático. Os armários lembraram-me o Pavilhão Chinês em Lisboa.

O portuense tem o verbo muito mais fluído do que o lisboeta. Umas clientes rapidamente explicaram-me como funcionava o buffet. Escolhi pescada que parecia estufada em cama de cebola e alho francês, acompanhada por arroz branco cozido soltinho, champignons de Paris salteados, couve-flor gratinada e uma salada de alface e agrião "refrescada" com pedaços de kiwi e bagos de uva. Tudo servido num prato gigante, branquinho e agradável. Único reparo - o peixe tinha pimenta em dose já vagamente agressiva. Pimenta do Reino como se diz deliciosamente no Brasil, para regalo dos nossos restinhos imperialistas.

Um ambiente super cool, uma refeição regada com uma abadia, fechada com um pingo, e tudo isto por €6. Digam-me por favor onde encontro isto em Lisboa e, já agora, o nome deste restaurante portuense.

1 comentário:

Professorinha disse...

Sabes que muitas das melhores coisas de Portugal é aqui no NUORTE!... :)

Beijos