terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Conclusão carnavalesca

Além de um tipo poder pôr uma cabeleira loira e uns artefactos no peito, e fingir que está a fingir ser o que não é, o carnaval é um verdadeiro Natal para o funcionalismo público: segunda-feira ninguém trabalha e na terça é "feriado".

3 comentários:

bellsblog disse...

Não te esqueças da quarta para curar a ressaca ;)

profpardal disse...

Diz lá que não é bom?

Fábio disse...

Prof. Pardal, não percebo os pruridos do Ministério que impedem uma semana de férias no Carnaval...